NOTÍCIAS > Torneio Internacional Aberto de Brasília
Nanda e Pigossi fazem estreia no Aberto de Brasília
22/10/2012 às 21h15

Brasília (DF) - Duas das principais representantes brasileiras, a catarinense Nanda Alves e a paullista Laura Pigossi estreiam nesta terça-feira no Torneio Internacional Aberto de Brasília, competição válido pelo ranking mundial de profissionais da Associação Feminina e que oferece premiação de US$ 25 mil. A sede do evento é o Clube do Exército e a entrada é franca para o público.

As duas terão brasileiras como adversárias. A experiente Nanda enfrenta Paula Gonçalves, pupila de Carlos Kirmayr que precisou disputar o quali, no jogo de abertura da quadra principal, às 10 horas. No mesmo horário, Carla Forte desafia a mexicana Ximena Hermoso na quadra 9.

Já Pigossi, que encerrou carreira juvenil e conquistou seu primeiro título profissional há um mês, terá pela frente a também paulista Eduarda Piai, no segundo jogo da quadra 9. Outro duelo brasileiro reúne Flávia Bueno e Sabrina dos Reis, enquanto Carolina Sá pega a argentina e cabeça 3 Fernanda Molinero e Nathaly Kurata tem dura missão diante da favorita Julia Cohen, americana que ocupa o 116º posto do ranking, em jogo marcado para 16 horas.

Nas partidas disputadas nesta segunda-feira, a carioca Ana Clara Duarte fez um grande primeiro set, mas depois permitiu a virada da argentina Maria Irigoyen, 208ª do mundo, por 2/6, 6/3 e 6/0. A argentina enfrentará nas oitavas a chilena Fernanda Brito. Já a romena Raluca Olaru mostrou força e aplicou duplo 6/0 sobre a brasileira Andressa Souza, idêntico placar com que outra romena, Elena Bogdan superou a convidada Paula Feitosa. A surpresa foi para a queda da segunda principal inscrita, a paraguaia Veronica Cepede, que caiu diante da espanhola Ana Sofia Sanchez, saída do quali, por 6/2, 0/6 e 7/5.

O Torneio Internacional Aberto de Brasilia é realizado pelo Núcleo de Desenvolvimento do Esporte e da Cultura, através da Lei de Incentivo ao Esporte, e conta com o patrocínio da Kia, Terracap, Brasal e Localiza. O apoio é da Confederação Brasileira de Tênis e dos Correios.